Conheça a prótese de baixo custo feita com bambu

Milhões de pessoas no mundo sofrem mutilações e, devido ao alto custo, não conseguem adquirir próteses.

Pensando nisso, os pesquisadores da Unesp de Bauru João Victor Gomes dos Santos, Marco Antonio Pereira e Tomás Barata desenvolveram uma prótese de baixo custo utilizando bambu como matéria prima.

A Protebam, como foi batizada por João Victor, é um trabalho inédito e foi patenteado pela Unesp, através de sua agência de inovação, a AUIN.

Além disso, Pereira e Barata falam sobre o Projeto Bambu, iniciativa que envolve alunos e comunidade para divulgar a cultura do bambu.

Aluno de Design pela Unesp e criador da Protebam João Victor  (esquerda) com professores Pereira (centro) e Barata (direita) da Unesp de Bauru analisam a prótese

A prótese passou por um rigoroso processo de desenvolvimento e pesquisa

Testes mecânicos mostraram que a prótese é resistente. A próxima etapa é os testes biomecânicos, que envolve testes com usuários reais de prótese

A Protebam foi desenvolvida com o auxílio de diversas instituições e empresas parceiras