Proposta de mudanças no Conselho do Município desagrada membros e especialistas

O Plano Diretor de Bauru estabelece a necessidade de um Conselho do Município para acompanhar e avaliar políticas de desenvolvimento urbano e rural, nas áreas de habitação e mobilidade, e o próprio cumprimento do que está previsto no Plano. O Conselho é composto por 35 membros voluntários, com mandatos de dois anos, e tem poder de decisão. Mas, um projeto de lei apresentado à Câmara Municipal questiona essa atuação. Nesta quinta (14), às 18h, vai ser realizada uma audiência pública, aberta à participação da comunidade, na Câmara para discutir a mudança proposta pelo projeto de lei.